domingo, 21 de fevereiro de 2016

Coletivo Re-Ação - aniversário de 1 ano

Projeto Re-Ação tem como objetivo fortalecer o envolvimento comunitário e o empoderamento social a partir de práticas agroecológicas e construir de forma participativa espaços modelos de agricultura urbana, abertos e possíveis de replicação em outras localidades.

Para alcançar nossos sonhos com excelência, empreitamos um financiamento coletivo. Com a contribuição de 155 apoiadores conseguimos implementar um  jardim comunitário, uma central de compostagem,  uma horta, uma espiral de ervas e um grande sistema agroflorestal produtivo, na quadra 206 da Asa Norte, Brasília-DF. 





Desenvolvemos oficinas de educação biocêntrica com a especialista Renata Friaça, uma oficina de produção e uso de ervas medicinais com o técnico Baby do mandato Brasília Sustentável, um curso de hortas urbanas com o técnico da EMATER Rogério Vianna, uma visita ao Sítio Semente com visita técnida de Juã Pereira, aulas de Tai Chi Chuan com Marcio Barbato e um curso de agroecologia de 16 horas com Fabiana Peneireiro e Igor Aveline da ONG Mutirão Agroflorestal.




Jardim agroflorestal produtivo

 






Curso de produção e uso de ervas medicinais


Curso de hortas urbanas comunitárias



Troca de saberes entre nossos futuras grandes mestres


Reunião da Articulação de Grupos de Agricultura Urbana de Brasília



Horta das crianças


Educação Ambiental para as pequenas



Aula de Yoga





Como surgiu o projeto Re-Ação?
O Projeto Re-Ação surgiu do interesse comum de diversos moradores da quadra 206 e arredores da Asa Norte, Brasília, em transformar nossa comunidade a partir de práticas cotidianas mais sustentáveis. Começamos a nos reunir, trocar experiências e promover mutirões de plantios de hortas e pomares, como previsto para as superquadras no Relatório do Plano Piloto de Brasília de Lúcio Costa.

Contexto
A superquadra 206 Norte possui um histórico de iniciativas agroecológicas e seus moradores estão se organizando para engrandecer essas iniciativas. Com os moradores integrados, percebemos a importância de desenvolver a implementação de nossas ideias de uma forma eficiente para que nossos ideais se sustentassem no tempo.

O Projeto Re-Ação conseguiu um financiamento coletivo e está concluindo as atividades previstas de oficinas, cursos e capacitações (em breve nosso cronograma!) Tudo isso com o apoio de nossos grandes parceiros: EcoViveiro Pau-Brasília e Sítio Geranium.

Temos também o apoio técnico da Emater-DF e legal da Secretaria do Meio Ambiente, além do incentivo da Administração da Asa Norte e da Diretoria de Parques e Jardins da NovaCap.

Junto à Secretaria de Educação, estamos buscando uma concessão de uso de um campo de areia em uma área central da quadra 206 norte que esta a mais de 10 anos abandonada. Nosso propósito é revitalizar o espaço e concentrar nossas atividades de produção de hortaliças e ervas medicinais nesse campo de areia.

Uma revolução gentil e orgânica!
O projeto constitui parte inicial de uma grande transformação, de um novo olhar sobre a cidade, o campo e nossas práticas cotidianas. Com a implementação do projeto, faremos mutirões semanais de plantio, manejo e colheita envolvendo permanentemente a comunidade e tod@s os interessados em uma transição agroecológica. A oportunidade de nossas filhas e filhos crescerem em meio a iniciativas pró-ativas e sustentáveis não tem preço. Incentivamos o apreço à cooperação horizontal na construção de um novo mundo mais justo, superando opressões a partir da abundancia!

Contatos e links:
Email do coletivo - reacao206norte@googlegroups.com
Igor Aveline – 81200950 (igoraveline@gmail.com), Sabrina Cunha – 81080560 (csabrinacunha@gmail.com), Diego Paz - 82325593 (diego.d.morais@gmail.com), Fernanda Fagundes - 82149212

Nenhum comentário:

Postar um comentário